sexta-feira, 25 de julho de 2008

Pssado bem presente.



Voltei Rs. Eu tava ouvindo uma música, aliás eu tô ouvindo uma música que nãofez outra coisa além de me dar vontade de escrever. Talvez ninguém vá entender isso mas pode ser lido como um texto ou um poema de um escritor, mas no meu caso nada famoso.
" E tempos depois de achar que te esqueci, seu nome me vem a mente, seu olhar volta a me perseguir e eu sinto que absolutamente nada mudou. Essa sua sombra que não me deixa em paz e me faz planejar, sonhar e te sentir tão perto. Mas eu sei que tudo não passa de ilusão e que seu olhar não me vê a muito tempo.
Derrepente toda aquela certeza que um dia eu tive sumiu, e denovo você virou o centro de tudo o que eu penso, tudo o que eu falo, tudo o que e faço.
O que me fez lembrar disso tudo? Uma pessoa alheia a qualquer conhecimento que nem eu sei quem é me fez ver que só a hipótese de te ver inalcançável me atormenta.
Ainda fico tentando entender o porque te conheci, se não foi pra viver e fazer tudo o que eu sonho hoje, pra que foi ? Com que intenção o destino colocou você no meu caminho? Porque você foi o único que fez com que eu me sentisse assim tão incapaz ?Porque eu te deixei escapar das minhas mãos tão depressa?
Eu ainda espero o dia em que tudo vai se responder e peço todos os dias, pra você vir de uma vez ou sumir pra sempre do meu coração."
(...)"Talvez estejamos perdendo toda a razão nas nossas brigas tolas
Talvez desta vez parecerá correto
Quero te falar sobre
O dia em que nos conhecemos e
Como eu me sinto quando você me abraça forte
E como você mudou minha vida."