quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Sagitário


Sagitário - O Óptimista Agradável Irrefletido. Não quer crescer (Peter Pan Síndroma). Favorece ego. Orgulhoso. Gosta de luxos e jogar. Social e gosta de sair. Não gosta de responsabilidades. Frequentemente fantasia. Impaciente. Divertido estar ao seu redor. Tem muitos amigos. Coquete e gosta de flirtar. Não gosta de regras. Às vezes hipócrita. Antipatiza com espaços limitados - apertados ou até mesmo roupas apertadas. Não gosta que duvidem dele. Bonito por dentro e por fora.

Eu fico lendo esses mapas astrais, previsões de signos, coisas desse tipo e juroque fico impressionada como eles acretam tanta coisa. Já tentei ir pela lógica e pensar que eles usam um termo que pode ser generalizado e assim, servir pra qualquer pessoa, mas não é. Se pararmos para reparar, um exemplo da frase:" não quer crescer " não pode ser usado em todos os casos, pois existem signos que têm espírito de sabedoria e buscam sempre serem superiores ou coisa do tipo (não tenho nenhum conhecimento sobre essa área), enfim, não há como dizermos que eles abrangem o ser humando no geral porque nem todos querem ser crianças sempre ou gostam de sair por exemplo, sem contar que unca vi uma pessoa dizendo que seu signo não tem nada a ver com a sua personalidade. Enfim, não ia falar sobre isso, mas como li esse trecho ai de cima e vi que eu sou exatamente asism e sou sagitariana fiquei meio confusa.

Mudando completamente de assunto estava eu hoje conversando com a minha amiga e me dei conta de que viver sem ter realmente alguém no coração é tão chato. Me lembro das vezes em que eu ficava sozinha pensando em ninguém e me via sem nenhum motivo pra pulkar de alegria ou sorris desesperaamente quando um certo alguém me dizia algo muito carinhoso ( e que às vezes nem era nada de importante); agente sofre por amor e reclama, mas quando não tem ninguém pra te fazer sofrer também reclamamos. Acho que precisamos de uma boa injeção de "ter ao que se dedicar" asism dá pra esquecer de certas coisas pelo menos por um momento. MAAS NÃO DÁÁÁ não sou capaz de ficar nem um segundo sem pensar no sexo oposto, seja ele um pensamento bom, ou um pensamento muito ruim. Não posso escrever muita coisa porque meus pais lêêm isso ( calma pai e mãe não é nenhuma compulsividade)- imagina, eles nem me vêêm em casa todos os dias reclamando da ausência do namorado. rsrsrsrs
A é isso, esse post foi mais descontraído né. Vou passar a postar coisas do tipo.