quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

HOJE EU TÔ SOZINHA!


Hoje eu tô sozinha e não aceito conselho, vou pintar minhas unhas e meu cabelo de vermelho...
Hoje eu tô sozinha. Não sei se me levo ou se me acompanho, mas é que se eu perder... eu perco sozinha, mas é que se eu ganhar... aí, é só eu que ganho. Hoje eu não vou falar mal nem bem de ninguém.
Logo agora que eu parei, parei de te esperar, de enfeitar nosso barraco, de pendurar meus enfeites, te fazer o café fraco! Parei de pegar o carro correndo, de ligar só prá você, de entender sua família e te compreender. Hoje eu tô sozinha e tudo parece maior mas é melhor ficar sozinha que é prá não ficar pior...
E já que eu tô só, não sei se me levo ou se me acompanho. Mas é que se eu perder, eu perco sozinha e se eu ganhar... Aí é só eu que ganho!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Our love is broken


I never needed your corrections on everything from how I act to what I say, I never needed words, I never needed hurt, I never needed you to be there everyday. I'm sorry for the way I let go of everything I wanted when you came along but I am never beaten. Broken, not defeated. I know next to you is not where I belong and it's a little late for explanations there isn't anything that you can do and my eyes hurt, hands shiver, so you will listen when I say: Baby, I don't want to stay another minute, I don't want you to say a single word there is no other way I get the final say. No more words, no more lies, no more crying, no more pain, no more hurt, no more trying.

(Hush hush)