domingo, 23 de novembro de 2008

E se uma lágrima rolar


Lágrimas, num instante elas rolam, e nem ao menos sabemos porque, derrepente por proteção ou por alegria, por solidão,ou aquela dor que de tanto sentir já nos acostumamos e calejamos; pela alegria de ver as coisas acontecerem sem que esperássemos por elas, ou até esperamos, mas depois de tanto tempo já havíamos até esquecido, mas elas sempre estiveram ali; rolam às vezes por aquele amor que esquecemos, ou às vezes não esquecemos, mas de tantas decepções achamos que já não somos capazes de amar novamente; rolam por achar que aquele amigo,ou companheiro não é mais o mesmo, e por vezes até é, mas de tanto tempo de convivência achamos que tudo deve ser como o começo e não vemos que as coisas mudam e nem todos os sentimentos de afeto são demonstrados por longas conversas ou enormes sorriso; rolam por aquele medo que achamos que perdemos, mas só achamos, porque ele está ali nos esperando para ensinar que não devemos jamais perder todos os nossos medos, e sim aprender e nos surpreender com eles; rolam depois de ouvir aquela música que nos lembra de tantas coisas boas. A lágrima, companheira do tempo, nada melhor do que um desabafo consigo mesmo é capaz de mudar um dia ou um humor, e nenhum sentimento importante o bastante é capaz de fugir do rolar de uma lágrima aquela lágrima que é capaz de mostrar pra você mesmo o quanto aquele momento sentimento, pessoa... é, foi ou será importante. Chorar faz bem... limpa a alma, saúda a mente e acalma o corpo.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Desabafo - Marcelo D2


"Deixa, deixa, deixa, eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar..."

Eu já falei que tenho algo a dizer, e disse
Que falador passa mal e você me disse
Que cada um vai colher o que plantou
Porque raiz sem alma como o flip falou, é triste

A minha busca é na batida perfeita
Sei que nem tudo tá certo mas com calma se ajeita
Por um mundo melhor eu mantenho minha fé
Menos desigualdade, menos tiro no pé

Andam dizendo que o bem vence o mal
Por aqui vo torcendo pra chegar no final
É,quanto mais fé,mais religião
Amor que mata,reza,reza ou mata em vão
Me contam coisas como se fossem corpos,
Ou realmente são corpos,todas aquelas coisas
Deixa pra lá eu devo tá viajando
Enquanto eu falo besteira, nego vai se matando
Então

[refrão]
Deixa,deixa,deixa
Eu dizer o que penso dessa vida
Preciso demais desabafar 2X

Ok,então vamo lá,diz
Tu quer a paz,eu quero também,
Mas o estado não tem direito de matar ninguem
Aqui não tem pena morte mas segue o pensamento
O desejo de matar de um Capitão Nascimento
Que,sem treinamento se mostra incompetente
O cidadão por outro lado se diz,impotente,mas
A impotência não é uma escolha também
De assumir a própria responsabilidade
Hein?

Que cê tem e mente,se é que tem algo em mente
Porque a bala vai acabar ricocheteando na gente
Grandes planos,paparazzo demais
O que vale é o que você tem,e não o que você faz
Celebridade é artista,artista que não faz arte
Paga um como pilates achando que já fez sua parte
Deixa pra lá,eu continuo viajando
Enquanto eu falo besteira nego vai,vai
Então deixa...

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

TIRINHAS

















































tirinhaas

-TÁ QUERENDO UM AFAGO?
asioaoisoaiosias

Sagitário


Sagitário - O Óptimista Agradável Irrefletido. Não quer crescer (Peter Pan Síndroma). Favorece ego. Orgulhoso. Gosta de luxos e jogar. Social e gosta de sair. Não gosta de responsabilidades. Frequentemente fantasia. Impaciente. Divertido estar ao seu redor. Tem muitos amigos. Coquete e gosta de flirtar. Não gosta de regras. Às vezes hipócrita. Antipatiza com espaços limitados - apertados ou até mesmo roupas apertadas. Não gosta que duvidem dele. Bonito por dentro e por fora.

Eu fico lendo esses mapas astrais, previsões de signos, coisas desse tipo e juroque fico impressionada como eles acretam tanta coisa. Já tentei ir pela lógica e pensar que eles usam um termo que pode ser generalizado e assim, servir pra qualquer pessoa, mas não é. Se pararmos para reparar, um exemplo da frase:" não quer crescer " não pode ser usado em todos os casos, pois existem signos que têm espírito de sabedoria e buscam sempre serem superiores ou coisa do tipo (não tenho nenhum conhecimento sobre essa área), enfim, não há como dizermos que eles abrangem o ser humando no geral porque nem todos querem ser crianças sempre ou gostam de sair por exemplo, sem contar que unca vi uma pessoa dizendo que seu signo não tem nada a ver com a sua personalidade. Enfim, não ia falar sobre isso, mas como li esse trecho ai de cima e vi que eu sou exatamente asism e sou sagitariana fiquei meio confusa.

Mudando completamente de assunto estava eu hoje conversando com a minha amiga e me dei conta de que viver sem ter realmente alguém no coração é tão chato. Me lembro das vezes em que eu ficava sozinha pensando em ninguém e me via sem nenhum motivo pra pulkar de alegria ou sorris desesperaamente quando um certo alguém me dizia algo muito carinhoso ( e que às vezes nem era nada de importante); agente sofre por amor e reclama, mas quando não tem ninguém pra te fazer sofrer também reclamamos. Acho que precisamos de uma boa injeção de "ter ao que se dedicar" asism dá pra esquecer de certas coisas pelo menos por um momento. MAAS NÃO DÁÁÁ não sou capaz de ficar nem um segundo sem pensar no sexo oposto, seja ele um pensamento bom, ou um pensamento muito ruim. Não posso escrever muita coisa porque meus pais lêêm isso ( calma pai e mãe não é nenhuma compulsividade)- imagina, eles nem me vêêm em casa todos os dias reclamando da ausência do namorado. rsrsrsrs
A é isso, esse post foi mais descontraído né. Vou passar a postar coisas do tipo.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

escrevendo que se desabafa


Tento controlar a ânsia que sinto de esrever pra você, mas como tudo em mim lentamente se torna uma compulsividade não sou capaz de manter o controle e acabo me rendendo aos caprichos da vontade de desabafar, como em todas as outras vezes em que me vi apaixonada. Derrepente esse texto nunca chegará à você, ou se chegar, sei que não terá a sagacidade de se ver em minhas palavras ou minhas definições tão pessoais sobre como te vejo, talvez por elas serem pessoais até demais sendo capazes assim de idealizar um ser perfeito que é a forma como todos os amantes podem ver seus amados sem nenhuma dificuldade. Essas podem ser mais um tanto de palavras vazias, que de tanto se ler acabam ficando repetitivas e enfadonhas, mas isso pode ser explicado por qualquer um que já sentiu a necesidade de mostrar à todos o que se é capaz de fazer e mudar quando nos vemos dependendtes de uma mera ligação ou um sorriso que no meu caso é uma raridade valiosa.

Ilusões vêm aos montes pela minha cabeça, tornando o real em imaginário e o imaginário em real, elas transformam tudo o que tenho certeza em meras suposições e me mostram caminhos perfeitos em que posso seguir, e quando acredito nesse caminho, lembro-me que estou sonhando e acordo como num fim de um filme de romance com o final feliz. Derrepnte se tudo que sonhamos fosse realidade não saberíamos nem o que é chorar por alguém que não chegou, ou estar ansiosa por algo que irá acontecer. Depois de muitas linhas escritas começo e me pegar questionando se a vida é injusta ou nós que somos impacientes e até idealizadores demais. Ainda tenho no peito feridas hoje já cicratizadas, mas suas marcas continuam aqui e ao olhar para elas lembro que o que as causou foi simplesmente isso, falsas idealizações. Hoje eu tenho certeza que só consigo realmente aprender "apanhando" ee levo isso como uma experiência, um estágio para o futuro, porque dizer eu te amo faz bem, e se seguirmos com esse medo de dizer, fazer ou sentir seremos carrascos de nós mesmos, vivendo friamente e acreditando numa realidade bruta em que temos que ser nazistas de nós mesmos. E me entrego novamente à um futuro sem certezas ou fim concreto, mas afinal, qual futuro é certo? E sendo certo demais não há graça, não há emoção. Chego ao fim desse texto deixando em evidência a minha eterna vontade de viver amando e sofrendo, porque sem amor, eu nada seria e sem a dor eu nada aprenderia, por isso não tenho medo de mostrar minha adimiração, meu afeto, meu amor por você. E mesmo sem você ler fica registrado aqui que um dia alguém te confiou o coração e as palavras. Palavras sinceras até então, que um dia talvez serão lidas como um mero desabafo que passou trazendo a lembrança de mais uma paixão.